fbpx

Conheça 9 mitos e verdades sobre Clareamento Dental

Conheça 9 mitos e verdades sobre Clareamento Dental

O clareamento dental tem se popularizado como um dos tratamentos estéticos mais acessíveis. E embora o clareamento dental tenha se tornado mais acessível e fácil de fazer, trata-se de um procedimento que exige não só alguns cuidados, como também acompanhamento profissional até mesmo em sua versão caseira. Por isso o clareamento dental é sempre um assunto que gera muitas dúvidas e polêmicas e neste artigo vamos conhecer alguns mitos e verdades sobre clareamento dental.
 

Mitos e verdades sobre clareamento dental

O clareamento dental é um dos procedimentos odontológicos mais procurados pelos pacientes. Conseguir o sorriso perfeito é um objetivo que pode ser alcançado através de diversas técnicas, que apresentam resultados muito satisfatórios.

No entanto, muitos mitos surgiram sobre os mais diversos temas, como qual o melhor método, se o clareamento caseiro realmente funciona e até mesmo sobre a possibilidade de causar câncer ao realizar o procedimento. Abaixo veremos os principais mitos e verdades sobre clareamento dental:
 

1- Clareamento deixa os dentes sensíveis

Parcialmente verdade. Alguns pacientes podem apresentar sensibilidade durante ou após o tratamento (por 01 ou 02 dias). A utilização de cremes dentais específicos e enxaguante bucal com flúor e sem pigmento pode ajudar a controlar o desconforto.

Evitar frutas cítricas durante o clareamento, por serem mais ácidas elas podem gerar um desconforto nestes dias que os dentes estão mais sensíveis.  Se ingerir, não faça escovação logo em seguida e sim um bochecho com água, após 30 minutos, onde a escovação pode ser feita. Por isso é de fundamental importância que esses procedimentos sejam realizados em consultório ou supervisionados, no caso de tratamentos caseiros, por um dentista.
 

2- Realizar clareamento causa câncer

Mito. Atualmente não há nenhum estudo comprovatório sobre essa afirmação, e nunca foi verificado nenhum caso que pudesse relacionar o câncer a esse tipo de tratamento. Por isso é importante ter atenção as informações falsas encontradas na internet a respeito do tema.
 

3- Clareamento enfraquece o dente

Mito. O clareamento consiste em uma reação química, onde o gel clareador age no pigmento que ocasiona o escurecimento dental. Este processo, por não ser abrasivo, não altera a parte mineral do dente, portanto não afeta a estrutura dos dentes.
 

4- O clareamento dental pode durar anos

Parcialmente verdade. Não existe nenhum tipo de tratamento de clareamento que seja definitivo. Tudo vai depender do comprometimento da paciente. Pode ocorrer o surgimento de novas manchas com o passar do tempo, alterando a cor obtida no clareamento, e isso vai acontecer se o paciente consumir, de forma frequente, os alimentos, bebidas ou medicações que provoquem pigmentação nos dentes.

Contudo, um reforço do clareamento resolve facilmente essas alterações de cor. Mas é preciso cuidado para não realizar clareamentos excessivos, pois o contato do dente com produtos químicos clareadores podem causar danos. Recomenda-se a manutenção de um a dois anos.
 

5- Os dentes clareados podem escurecer de novo

Verdade. Geralmente em um ano e meio a dois anos após o tratamento, geralmente os dentes escurecem um pouco, porém sem voltar ao seu tom original, sendo necessário fazer apenas uma sessão clareadora de manutenção.

 


 

6- Cremes dentais funcionam como clareador

Mito. Geralmente os cremes dentais que prometem clarear os dentes são muito abrasivos, e não clareiam o dente quimicamente, mas sim removendo a camada de placa bacteriana que se acumula na superfície dental. Porém, essa alta abrasividade provoca riscos na superfície dental tornando irregular, o que pode gerar com o tempo sensibilidade e até manchas.
 

7- Alimentos escurecem os dentes pós-clareamento

Verdade. Algumas bebidas e alimentos deve-se diminuir o consumo ou até mesmo ser  evitados durante o clareamento, pois podem interferir no resultado final do tratamento. É importante dar atenção especial para os alimentos com forte coloração como chocolate e beterraba, o caroteno, pigmento natural antioxidante contido em alguns alimentos como tomate e cenoura, também pode gerar alterações na cor desejada.

O hábito de fumar e algumas bebidas como café, chá preto, chá verde, vinho tinto e refrigerantes, devem ser diminuído o consumo ou até mesmo evitado. O uso de enxaguante bucal colorido também precisa ser pausado. É importante ressaltar que a durabilidade da cor alcançada com o clareamento será reduzida se o paciente consumir excessivamente estes produtos mencionados.
 

8- Nem todo mundo pode realizar o clareamento

Verdade. O tratamento é contraindicado em alguns casos. “Quem tem muita sensibilidade nos dentes, por exemplo, pode acabar tendo uma inflamação aguda”. Além disso, também não deve fazer clareamento quem tem muitas restaurações (já que ele não age sobre a resina), manchas causadas pelo uso do antibiótico tetraciclina, gestantes e menores de 16 anos.
 

9- O laser não é a única fonte de luz utilizada

Verdade. Embora o tratamento tenha ficado conhecido como “clareamento a laser”, o procedimento também pode ser realizado com luzes de LED. “O clareamento é feito pelo gel e não pela luz, que serve apenas para acelerar o processo”.

Ao longo dos anos, descobriu-se que qualquer fonte de luz ajuda. Por isso, muitos dentistas preferem o LED, uma luz fria que não causa danos. “O laser, de baixa potência, pode ser usado no final do tratamento como um dessensibilizante”.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os mitos e verdades sobre clareamento dental, para que você tenha um tratamento de qualidade, e que atenda às suas necessidades e objetivos, entre em contato conosco! Assim, você agenda uma consulta rapidamente, com um de nossos profissionais, e dá um importante passo em direção ao sorriso ideal!

 
Veja também:
Alimentos que escurecem os dentes
Clareamento Dental – Tudo sobre cuidados antes e depois do tratamento

Adicionar Comentário

×
Olá, notamos que você está pesquisando sobre Mitos e verdades sobre clareamento dental. Se você tem dúvidas ou está pesquisando para alguém, fale conosco e agende uma consulta agora mesmo. Clique no ícone abaixo para falar via Whatsapp.